Reutilizar para melhor aproveitar seus espaços



A degradação dos recursos naturais, fauna e flora do nosso planeta tem dado força aos conhecidos três “R”: Reduzir, Reciclar e Reutilizar. A grande questão a ser tratada se apoia em dois pontos principais: reduzir o uso e ser cauteloso com a fabricação e o descarte. Isso se estende para todos os setores de produção, envolvendo desde o fabricante até o consumidor.
 
Em meio a isso, a construção civil se destaca como uma das grandes contribuintes para poluição e desperdício de materiais, aspectos que têm sido tratados com extrema cautela pela GBM Engenharia, na busca por minimizar os efeitos danosos ao meio ambiente, investindo cada vez mais em projetos, ações e tecnologia, sempre direcionados à preservação do meio ambiente. Contudo, devemos entender que todos somos responsáveis, direta ou indiretamente por equívocos cometidos em meio a este processo.
 
Enquanto cidadãos, temos muito a contribuir nessa luta pela vida do nosso planeta, e consequentemente a nossa e das próximas gerações. Acreditamos que a responsabilidade com a qual montamos nossa residência, deve refletir o cuidado que temos com o planeta no qual ela está inserida. Uma boa oportunidade de colocar em prática nossa consciência ambiental é na hora de decorar e mobiliar nossos lares.
 
Para isso devemos ter em mente que o uso consciente, associado a criatividade no reuso e reciclagem trazem consigo inúmeras vantagens e configuram hoje uma tendência na arquitetura de interiores. 
 
Materiais e acabamentos diversos têm se combinado gerando acessórios e móveis. Os pallets, caixotes de feira, carretéis de fios, latas de tinta, caixas de papelão, e vários outros produtos estão sendo cada vez mais transformados em vasos, mesas, sofás, cadeiras, poltronas, porta talher, porta treco e etc.
 
Essa tendência vem se fortalecendo e envolvendo projetistas renomados, mas também cidadãos comprometidos em colocar a mão na massa! Portanto ...
 
1 – Use sua criatividade para reutilizar objetos que parecem já não servir;
 
2- Pense em acabamentos e pinturas igualmente sustentáveis. De nada vale reutilizar um móvel antigo se você o pintar com pigmentos tóxicos em sua fabricação ou descarte, por exemplo;
 
3 – As cores primárias podem trazer a um objeto mais rústico um ar atual;
 
4 – Quando for projetar a reutilização, busque orientação de profissionais específicos que podem agregar a técnica às suas ideias, trazendo conforto e funcionalidade;
 
5–Na hora de executar, evite acidentes! Busque capacitar-se e/ou procure profissionais já capacitados para utilizar as máquinas (lixadeiras, serras, etc) ;
 
6 – Pense e atue como cidadão sustentável em todas as áreas da sua vida, sempre tendo em mente que a sustentabilidade plena envolve questões ambientais, sociais e econômicas.
 
Diversas Organizações Não Governamentais (ONGs) e até mesmo esferas do poder publico têm se levantado em prol do consumo consciente, tentando amenizar as consequências das agressões já cometidas com o Meio Ambiente, mas também em busca da prevenção. Contudo muitos ainda insistem que o “desenvolvimento” exige sacrifícios que implicam em agressões inevitáveis à natureza. Esta opinião, embora seja dita por muitos como ultrapassada, ainda vigora em diversas situações. E enquanto uns reciclam madeira, outros derrubam árvores em nome do “progresso”. O escritório FABBRICA Arquitetura e Design está à sua disposição para, passo a passo, cotidianamente contribuir para que o progresso não necessariamente implique em desconfigurar a “ordem” tão bem estruturada pela natureza que nos sustenta!
 
 

Outros registros:
REFORMAS: O ERRO DO IMÓVEL ÚNICO
VERÃO x CONFORTO
PEQUENOS BANHEIROS, GRANDE FUNCIONALIDADE!
EM PROL DE UMA SEGURANÇA PARA ALÉM DOS MUROS!
SONHE COM UM IMÓVEL E ESCOLHA O LAR DOS SEUS SONHOS!

Ver todos os registros



Twitter


Facebook


Instagram


Avenida Dr. Frutuoso Dantas, 57 - Cabo Branco - João Pessoa - PB - Cep: 58045-170 - Fone/Fax: (83) 3247-1776
© Todos os direitos reservados à GBM Engenharia 2017